De Salvador para o mundo, voa Gaby!

Nossa WiNner, Ana Gabryele Moreira, foi contemplada no programa de bolsas para mulheres da Agência Internacional de Energia Atômica, AIEA.


Ana Gabryele é baiana da periferia de Salvador. Formada em Física Médica, ingressou pelo sistema de cotas na Universidade Federal de Sergipe (UFS) em 2013. Atualmente é mestranda em Tecnologia Nuclear no Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN), localizado na Universidade de São Paulo (USP). Mesmo sofrendo sucessivos cortes orçamentários que comprometem a produção de radiofármacos, o IPEN produz hoje 25 medicamentos diferentes contra o câncer, o que corresponde a 85% da produção nacional.


A pós-graduanda desenvolveu uma pesquisa sobre o perfil sociocultural de mulheres do instituto, incluindo estudantes, pesquisadoras/professoras e aquelas em cargo administrativo. Através dessa pesquisa foi possível identificar que apenas 10% das mulheres do IPEN são negras e em maioria foram ou são orientadas por homens brancos. Além disso, realiza um estudo com Análise por Ativação Neutrônica em Coincidência em amostras irradiadas no primeiro Reator Nuclear do Brasil, IEA - R1. Em setembro de 2021, se inscreveu para o programa de Bolsas de estudos para mulheres Marie Curie da Agência Internacional de Energia Atômica (IAEA). Nesta segunda edição do prêmio, selecionou 100 mulheres de todos os continentes. Ana Gabryele é a primeira Mulher Negra a receber a premiação no Brasil. Essa conquista valoriza a universidade pública brasileira e é fruto de muita luta do movimento negro. A WiN Brasil se orgulha imensamente de contar com a presença de uma mulher, profissional e ativista fantástica como Gabryele. VAI GABY!!!

18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo